close

Guarani volta oscilar no segundo tempo e é derrotado pelo Santos

Bugre fez primeiro tempo razoável, mas tomou dois gols na segunda etapa e foi derrotado

Por Nossa Taba, em 04/02/24

O Guarani até encarou o Santos, teve boas chances na primeira etapa, entretanto voltou apresentar instabilidade, no segundo tempo, e foi derrotado por 2 a 0. Guilherme (2x) marcou para o Santos e deu a vitória para o time da baixada santista.

Com o resultado, o Guarani estaciona nos quatro pontos conquistados e agora ocupa a última posição do Grupo B. O próximo confronto do Bugre é na quinta-feira, às 21h30, contra a Inter de Limeira, no Brinco de Ouro.


O Jogo

Sem Mayk, desgastado fisicamente, Umberto Louzer fez apenas uma modificação para enfrentar o Santos na Vila Belmiro e promoveu a estreia de Hélder na equipe titular. Fora isso, o Guarani foi o mesmo que iniciou a partida contra o Mirassol, na última rodada, no Brinco de Ouro.

O Bugre começou assustando o gol defendido por João Paulo e até teve bons 15 minutos no início da partida, depois disso o Santos conseguiu igualar as ações e até passou a dominar a parte final do primeiro tempo. O bom começo do Bugre teve início aos 02′, Derek aproveitou o rebote da defesa santista, ajeitou para a perna esquerda e chutou rasteiro para João Paulo espalmar.

Aos 11′, o Bugre teve a sua melhor chance para abrir o marcador. Reinaldo recebeu na ponta direita, Anderson Leitei infiltrou por trás da defesa e chutou cruzado, a bola passou na frente do gol de João Paulo e saiu em linha de fundo. Depois das duas boas chances, o Santos esfriou o ímpeto inicial do Alviverde.

Aos 29′, Derek recebeu cruzamento, ganhou da defesa, mas cabeceou errado pela linha de fundo. Aos 31′, o Santos começou responder. Pituca aproveitou o rebote da defesa e chutou, a bola desviou em Otero, caprichosamente bateu no travessão e saiu. Aos 42′, Aderlan recuperou um cruzamento na linha de fundo, cruzou para trás, mas Otero errou o chute.

O segundo tempo começou da mesma forma que o primeiro terminou. Santos e Guarani pouco criaram, até os 10 primeiros minutos, quando Guilherme foi lançado nas costas de Heitor, o lateral-direito perdeu na corrida e acertou o atacante santista com um carrinho dentro da área. Penâlti. O próprio Guilherme bateu e abriu o placar para o Santos aos 12′.

Após sair atrás, Umberto Louzer tentou modificar a equipe e dar ânimo ao time com as entradas de Régis e João Victor nas vagas de Camacho e Reinaldo. Mas, não surtiu efeito. O Santos voltou a assustar aos 22′, Willian escapou pela direita e cruzou para trás, mas ninguém chegou para completar. Precisando vencer, Louzer tentou mudar o sistema de jogo e partiu para três zagueiros com a entrada de Márcio Silva e Marlon nas vagas de Hélder e Heitor.

Mas, logo em seguida, em um contra-ataque, acabou surpreendido e, aos 36′, viu Guilherme ampliar o marcador e dar números finais a partida.



Ficha Técnica

Paulistão Sicredi – 2024 – 04.02.2024
Santos x Guarani
Estádio Urbano Caldeira – Vila Belmiro
Público: 11.020 pessoas
Renda: R$ 525.095
Gols: Guilherme

Santos

João Paulo; Aderlan, Gil, Joaquim e Felipe Jonathan (Kevyson) (Hayner); João Schmidt (Rincón), Pituca, Otero e Cazares (Morelos); Julio Furch (Willian Dubgod) e Guilherme. Técnico: Fabio Carille

Guarani

Douglas Borges, Heitor (Márcio Silva), Léo Santos, Rayan e Hélder (Marlon); Camacho (Régis), Matheus Bueno e Anderson Leite ; Reinaldo (João Vitor), Bruno Mendes e Derek (Chay). Técnico: Umberto Louzer

Conteúdo relacionado: