close

x Brasileirão Série B 2024
21/07/2024 - 17:00
x Brasileirão Série B 2024
24/07/2024 - 21:30
x Brasileirão Série B 2024
28/07/2024 - 16:00

Pintado destaca melhora do Bugre, mas avalia: “O momento preocupa, temos que assumir”

Por Anthony Cunha, em 07/07/24

A derrota do Guarani para o Sport na noite deste domingo (07), por 1 a 0, no Estádio Brinco de Ouro da Princesa, marcou a décima partida sem vencer para o Bugre. Na coletiva pós-jogo, o técnico Pintado relevou a expulsão do jovem Yan Henrique, falou sobre o Bugre no mercado de transferências e projetou a sequência da Série B.

Ao ser perguntado sobre o emocional bugrino e da expulsão do jovem Yan Henrique, Pintado disse: “O momento emocional tem um peso, não é positivo avaliar individualmente, principalmente o jovem. Seremos injustos ao levar somente um lance em conta, principalmente com um ativo do clube, que fazia um bom jogo dentro do que tínhamos planejado, afirmou.

“As expulsões pesam. A gente já tem uma dificuldade, estamos buscando algumas soluções, e a equipe tem performado, analisando friamente, o número de defesas e chances, com um pouco mais de equilíbrio a gente podia ter terminado bem, mas com um jogador a menos fica muito difícil”, explicou.

As contratações também foram pauta, o treinador disse: “É importante falar sobre isso. A diretoria tem feito o máximo de esforço para buscar esses reforços. Não precisamos de jogador, precisamos de solução. É muito difícil convencer um bom atleta a vir pela atual situação, estamos trazendo atletas que podem ajudar, sem dúvidas, na próxima partida será uma equipe diferente. Essa é minha ideia!” – afirmou Pintado.

Sobre o momento ruim do Guarani na competição, Pintado ressaltou: “Eu sou realista. O momento preocupa, temos que assumir. Porém, eu confio bastante no que vamos construir, uma reação, a partir disso vamos avaliar de uma forma menos preocupante”.

As atuações de Marlon e Airton foram destacadas pelo treinador: “Esses atletas que são de alta velocidade, para nós é muito importante ter. Jogar pelas beiradas era uma estratégia, usamos bem, mas quando você perde um jogador tem que correr muito mais. No fim ambos sentiram a parte física, porém, deixaram tudo no campo” – comentou Pintado.

Sobre o nível dos novos contratados, o comandante disse: “Gabriel Bispo eu conheço um bem, subiu comigo no Juventude e esteve comigo na Ferroviária. Estamos indo além do nome, buscando características que não temos aqui dentro. Ainda que a gente queira buscar um nome na Série A, fazer uma oferta muito acima da realidade do clube, é difícil trazer um atleta no momento atual.

Finalizando a coletiva, o treinador fez uma projeção para a próxima partida: “Grande chances dos novos jogadores estarem em campo, principalmente pela necessidade. Não temos tempo a perder, o certo seria uma adaptação, mas não podemos perder tempo e não vamos esperar, quem estiver em condições entrará em campo para mudar o cenário.” – disse o treinador.