close

x Brasileirão Série B 2024
13/07/2024 - 15:30
x Brasileirão Série B 2024
21/07/2024 - 17:00
x Brasileirão Série B 2024
24/07/2024 - 21:30

“Não é hora de botar minha cara no time”, diz Claudinei ao ser apresentado no Guarani

Técnico afirmou que falta de tempo o impedirá de implantar sua marca na equipe nos primeiros jogos

Por Nossa Taba, em 14/02/24

Novo técnico do Guarani, Claudinei Oliveira foi apresentado à imprensa hoje (14), no estádio Brinco de Ouro da Princesa. A contratação do treinador foi oficializada na segunda (12). Ele comandou seu primeiro treino ontem (13) e amanhã (15) já estreia à frente da equipe, no duelo contra o Santo André, pela 8ª rodada do Paulistão Sicredi 2024.

Segundo o treinador, essa velocidade do calendário não vai o permitir impor seu estilo de jogo na equipe nos primeiros confrontos. “Não é hora de eu chegar e querer botar minha cara no time, fazer do meu jeito, da maneira que acho ideal. Não tenho tempo para trabalhar. Vou procurar fazer o mais confortável para os atletas, identificando as características de cada um, para potencializar as suas virtudes. O segredo amanhã é vencer o jogo”, afirmou.

Apesar de assumir que não pretende fazer grandes mudanças, Claudinei disse que podem haver trocas na equipe para o duelo desta quinta-feira. “Não é que a gente não queira mexer em nada. Eu não vou ter a vaidade de chegar aqui e fazer uma coisa muito diferente. Eu tenho algumas ideias de fazer alguma coisa, mas não posso falar o que vou executar porque tenho que, primeiro, conversar com os atletas para entender se é viável”, revelou.

Ao ser questionado sobre sua formação tática preferida, o técnico deixou em aberto o padrão que pretende adotar no Bugre. “Eu comecei no profissional do Santos, onde a gente jogava em um 4-4-2 sem centro-avante. No Athletico-PR, jogávamos em um 4-2-3-1. No Vila Nova, ano passado, era um 4-2-4. Já na Chapecoense, atuamos em 4-3-3. Eu não sou preso à esquemas. Procuro escolher a melhor opção dentro das peças que tenho”, disse.

Revelado na base do Santos, onde treinou as equipes sub-15, sub-17 e sub-20, Claudinei declarou que não tem receio de colocar atletas da base para jogar pelo profissional do Guarani. Sem Bruno Mendes, lesionado, e com a possibilidade de perder Derek por desgate físico amanhã, o treinador poderá ser obrigado a utilizar jovens talentos para suprir a falta de opções para o ataque.

“O Guarani é um clube que já revelou grandes jogadores para o futebol brasileiros. Não foram poucos. Me lembro das gerações de Neto, Amoroso, Luizão, Djalminha. É um clube formador. Eu lancei muitos atletas, como o Guga, hoje no Fluminense, e o zagueiro Arthur, da Seleção pré-olímpica. Eu não tenho receio de colocar para jogar, mas tenho que conhecer os atletas primeiro”.

Foto: Raphael Silvestre/Guarani FC

Conteúdo relacionado: