close

Guarani tem queda de rendimento e perde para o Mirassol

Bugre encontrou dificuldade após as mudanças e viu o Leão vencer no Brinco de Ouro

Por Nossa Taba, em 01/02/24

O Guarani foi derrotado pelo Mirassol, por 3 a 2, na noite desta quarta-feira, no Brinco de Ouro, em duelo válido pela quarta rodada do Campeonato Paulista Sicredi 2024. Após sair atrás no marcador, o Bugre até conseguiu virar, mas não teve força e competência para manter o resultado e conheceu sua segunda derrota no Paulistão e a primeira no Brinco de Ouro.

Delatorre (2x) e Paulinho Boia marcaram para o Leão, Bruno Mendes (2x), descontou para o Guarani. Com o resultado, o Alviverde estaciona nos quatro pontos conquistados e agora ocupa a terceira colocação do Grupo B, atrás de Palmeiras e Ponte Preta. O próximo confronto é diante do Santos, sábado, às 18h, na Vila Belmiro.

O Jogo

Umberto Louzer optou por manter a formação que jogou a maioria do tempo na partida diante do Ituano e iniciou com Matheus Bueno no lugar de Chay. Sendo assim, o Bugre teve mais força no meio campo com a presença do três meias, Derek e Reinaldo que conseguem suprir as necessidades ofensivas e defensivas pelos lados do campo.

Entretanto, o jogo começou bastante movimentado. Logo aos 4′, o Bugre saiu jogando errado, Danielzinho serviu Diego Gonçalves, que errou o chute e a bola sobrou para Delatorre, sozinho, abrir o marcador. O gol não abalou ao Guarani, aos 9′, Bruno Mendes aproveitou o escanteio batido por Mayk, antecipou a marcação e, no primeiro pau, desviou de cabeça para empatar a partida.

Aos 18′, o atacante quase fez o segundo e virou o jogo, Derek fez boa jogada pela esquerda, cruzou rasteiro, mas o camisa 9 não conseguiu chegar a tempo de desviar em virar a partida. Aos 24′, foi a vez de Derek assustar Muralha. Aos 29′, Bruno Mendes teve nova oportunidade, mas cabeceou por cima. O gol da virada parecia questão de tempo. Demorou um pouco, mas veio.

O Bugre foi para o vestiário com o empate no placar, mas voltou com disposto a vencer e com uma postura mais ofensiva. Louzer promoveu as entradas de Chay e Lucas Araújo, nas vagas de Matheus Bueno e Camacho, visivelmente desgastados fisicamente.

Logo após as mudanças, aos 20′, da segunda etapa, Bruno Mendes apareceu novamente e mostrou oportunismo. Após novo escanteio, só que dessa vez da direita, o atacante aproveitou o desvio de Derek, dominou e chutou para fazer o segundo dele e virar o jogo.

Mas, o que parecia ser uma vitória tranquila, mudou de rumo. Louzer mexeu novamente na equipe, e após as modificações o Bugre teve muita dificuldade de se encontrar em campo. Heitor lesionado deu início as sucessões de mudanças que desestabilizou o jogo do Alviverde. Sem reposição no banco de reservas, Umberto improvisou com a entrada de João Victor e colocou Wenderson na vaga de Anderson Leite.

Mozart, por sua vez, foi para o tudo ou nada, colocou Fernandinho, Ronald e Mário Sérgio, o Mirassol muito mais ofensivo empatou o jogo aos 35′, Lucas Gazal achou Delatorre entre os zagueiros e o atacante, sem sair do chão, cabeceou para o fundo do gol. Após o empate, o Bugre tentou voltar tomar as rédeas da partida, mas não teve sucesso.

Em uma dessas tentativas, Lucas Araújo tentou chutar, de longa distância, mas a bola bateu na marcação e no contra-ataque, Ronaldo serviu Paulinho Boia, que de perna direita, acertou um belo chute e deu números finais ao jogos.

Ficha Técnica

Paulistão Sicredi – 2024 – 31.01.2024
Guarani x Mirassol
Estádio Brinco de Ouro da Princesa
Público: 4.127
Renda: R$ 89.920,00
Gols: Bruno Mendes (2x), Delatorre (2x) e Paulinho Boia

Guarani

Douglas Borges, Heitor (Iago Telles), Léo Santos, Rayan e Mayk; Camacho (Lucas Araújo), Matheus Bueno (Chay) e Anderson Leite (Wenderson); Reinaldo (João Vitor), Bruno Mendes e Derek. Técnico: Umberto Louzer

Mirassol

Alex Muralha; Rodrigo Ferreira, Gazal, Luiz Otávio e Warley; Diego Gonçalves (Fernandinho), Danielzinho, Gabriel (Paulinho Bóia) e Chico Kim (Ronald); Negueba (Mário Sérgio) e Dellatorre. Técnico: Mozart

Conteúdo relacionado: