close

x Brasileirão Série B 2024
22/04/2024 - 21:00
x Brasileirão Série B 2024
26/04/2024 - 21:00
x Brasileirão Série B 2024
06/05/2024 - 21:00

Claudinei destaca “luta e entrega” em empate do Guarani com o São Paulo

Treinador se disse satisfeito com a atuação do time bugrino diante do tricolor

Por Nossa Taba, em 26/02/24

A primeira vitória de Claudinei Oliveira como técnico do Guarani ainda não veio, mas o empate contra o São Paulo, neste domingo (25), foi o resultado mais saboroso desde sua chegada à Campinas. O placar de 1 a 1 serviu para tirar o time da zona de rebaixamento do Paulistão Sicredi 2024 e ganhar a confiança do torcedor.

O treinador elogiou o rendimento do time em campo, que deixou de “correr errado”, em suas palavras. “A gente teve tempo para trabalhar e conseguimos nos organizar melhor. O time organizado compete por todas as bolas e fica mais próximo da bola. Eu estou muito satisfeito com a entrega, com a dedicação e com o esforço de todos. No final, quase fomos premiados pela luta e pela entrega”, afirmou Claudinei, fazendo referência à finalização de Anderson Leite defendida pelo goleiro Rafael no último lance da partida.

O bom desempenho do time diante de um adversário da elite do futebol brasileiro vai agregar confiança ao elenco alviverde, de acordo com o técnico. “Isso eleva o astral. Há quanto tempo esses caras não saiam de campo aplaudidos? Isso aumenta a autoestima do jogador, dá confiança, traz coisas positivas. É muito importante”, considerou.

Ainda de acordo com o treinador, os jogadores conseguiram honrar a camisa do Guarani no duelo. “O torcedor se sentiu representado em campo. O cara que estava na arquibancada falou ‘eles estão dando a vida’. Isso é importante até para a sequência do trabalho”.

Claudinei armou uma estratégia diferente para encarar o São Paulo. Ao invés do 4-4-2 – formação que utilizou em seus dois jogos anteriores – ele escalou o time em um 3-5-2. As mudanças, no entanto, podem não ter parado por aí. “Eu não sou engessado em modelo de jogo. Fazia anos que eu não começava uma partida com três zagueiros. Não podemos ficar presos no que é confortável para mim. Tenho que ver o que é confortável para os atletas. Pode ser que, para o próximo jogo, a gente mantenha essa formação. Mas vamos analisar o Botafogo e ver se devemos pensar em outra solução”, disse.

O Bugre volta a jogar na próxima sexta-feira (1°), contra o Botafogo-SP, em Ribeirão Preto. O duelo será pela 11ª rodada do Campeonato Paulista e começará às 18h30.

Foto: Raphael Silvestre/Guarani FC