close

Após nova derrota, Louzer cita falta de tempo como motivo de oscilações

Treinador do Guarani concedeu entrevista depois de equipe perder para o Santos

Por Nossa Taba, em 04/02/24

Em entrevista coletiva realizada ao fim da partida entre Santos x Guarani, que terminou em 2 a 0 para o Peixe, o técnico Umberto Louzer fez considerações sobre o desempenho do Bugre na partida. Segundo o treinador, a razão para a falta de constância do rendimento da equipe em campo se justifica pela velocidade do calendário do Paulistão.

“A gente precisa de tempo para ter esse sincronismo. E não temos isso, assim como as outras equipes. Por isso, essa oscilação gigante no futebol. Tivemos um número alto de contratações e estamos ajustando. Temos muito a extrair desse grupo”, considerou Louzer.

O treinador ainda avaliou o desempenho da equipe no jogo deste domingo (4). “Até sofrermos o gol, a partida estava igual, com momentos positivos de ambos os times. No final do primeiro tempo, aparecerem as dificuldades para nós. Tivemos vantagens pelos lados e não soubemos aproveitar isso”. Umberto ainda analisou que as bolas longas utilizadas pelo Santos no segundo tempo foram determinantes para o resultado final.

Louzer também falou sobre as substituições que fez na partida para tentar reverter o placar. “Após o segundo gol, busquei explorar as conexões internas, com dois pontas por fora, para largar em uma saída em três. Infelizmente, acabamos sofrendo o gol”, disse.

O Bugre volta a campo na quinta-feira (8), às 21h30, em casa, contra a Inter de Limeira. O técnico projetou o confronto. “Temos que fazer o fator casa prevalecer, para que a gente volte a pontuar e, sobretudo, vencer. Precisamos trazer um pouco mais de tranquilidade, porque são os pequenos detalhes que tem feito a gente sofrer as derrotas”.

Foto: Raphael Silvestre/Guarani FC

Conteúdo relacionado: