Conecte-se conosco

6ª RODADA – Sertãozinho 2 x 4 Guarani

O Guarani saiu de Campinas em busca da primeira vitória como visitante e, se possível, a entrada no G4. E a volta para casa será em grande estilo. Com show de Bruno Mendes, autor de três gols – o outro foi do estreante Fernando Lombardi – o Bugre derrotou o Sertãozinho por 4 a 2, na noite deste sábado, no Estádio Frederico Dalmazo e terminará a sexta rodada dentro da zona de classificação.

O fim de um jejum de mais de sete meses sem vencer longe de Campinas coloca a equipe alviverde momentaneamente na terceira posição, com 12 pontos. O time corre o risco de perder uma posição para o São Bernardo, que enfrenta o Audax neste domingo, mas a permanência entre os quatro primeiros está assegurada. Com três triunfos em sequência, o Bugre pode embalar de vez com dois compromissos no Brinco de Ouro, sendo que o primeiro deles é na quarta-feira, às 20h, diante do XV de Piracicaba.

 

PRIMEIRO TEMPO
Beneficiado pelo empate entre Rio Claro e Água Santa, mais cedo, o Guarani foi a campo já sabendo que uma simples vitória seria suficiente para entrar no G4. A mesma situação se aplicava ao Sertãozinho e quem deu as cartas primeiro foi o time da casa. Logo aos 7’, em erro de marcação do lado direito da defesa bugrina, Leleco foi lançado, bateu cruzado e contou com a colaboração do goleiro Bruno Brígido, que não conseguiu segurar a bola, para fazer 1 a 0.

O gol e o fantasma das outras derrotas fora de casa abalou o Bugre nos momentos que sucederam a abertura do placar, mas o time soube mostrar poder de reação e, impondo sua superioridade técnica, foi buscar o resultado. Aos 15’, Bruno Nazário recebeu, tirou da marcação e bateu para defesa do goleiro João Guilherme.

O empate não demorou. O Guarani armou uma blitz e depois de uma boa defesa do goleiro e uma tentativa de Erik ter sido bloqueada pela defesa, Bruno Mendes foi derrubado na área. Pênalti marcado e convertido pelo próprio camisa 9, que deslocou Guilherme e deixou tudo igual, aos 18’. Seis minutos depois, o atacante apareceu para virar o jogo. Em cobrança de escanteio de Rondinelly pelo lado esquerdo, Bruno Mendes se antecipou à marcação e cabeceou para fazer 2 a 1.

Com a vantagem, o alviverde conseguiu controlar mais a partida e, sem se expor, segurou as investidas do Sertãozinho. Com a marcação ajustada, o Guarani teve até a chance de ir para o intervalo com vantagem ainda maior. Aos 47’, Rondinelly bateu colocado e a bola passou raspando a trave esquerda.

 

SEGUNDO TEMPO
O Guarani não demorou muito para ampliar sua vantagem no segundo tempo. Logo aos 6’, a bola parada fez diferença novamente. Dessa vez em cobrança de falta, Rondinelly deu mais uma assistência no jogo ao colocar a bola na cabeça do estreante Fernando Lombardi, autor do terceiro gol.

Sem outra alternativa, o Sertãozinho se lançou definitivamente à frente. P.H. tentou surpreender Bruno Brígido, mas o goleiro bugrino foi bem e mandou para escanteio. Enquanto os donos da casa tentavam o abafa, o Bugre controlava a pressão e apostava no contra-ataque. Bruno Nazário quase fez um gol antológico de longe, mas João Guilherme se recuperou.

Com Denner no lugar de Rondinelly, o Guarani tinha o jogo administrado. Aos 30’, Bruno Mendes recebeu com liberdade cara a cara com o goleiro, mas ao invés de finalizar, tentou o passe e errou.

No lance seguinte, o camisa 9 compensou com sobras a jogada desperdiçada. Em bela jogada coletiva, Bruno Nazário achou Denner, que deixou de calcanhar para Bruno Mendes encher o pé de canhota, fazer seu terceiro gol na partida e confirmar a vitória alviverde.

Aos 35’, o Sertãozinho ainda descontou. A defesa não conseguiu cortar a bola colocada na área, Mauro ficou com a sobra e bateu no cantinho esquerdo: 4 a 2. Nada, no entanto, que fosse capaz de impedir a vitória do Guarani, que só não foi maior porque João Guilherme e a trave impediram que Bruno Nazário e Elias, respectivamente, marcassem mais gols.

 

FICHA DO JOGO

 

SERTÃOZINHO 2 x 4 GUARANI

 

SERTÃOZINHO
João Guilherme; Gil Mineiro, Alemão, Diego Augusto e Pedro Rosa (P.H., Intervalo); Junior Lopes, Alê, Felipe Dias (Marcinho, Intervalo) e Matheus Cancian (Mauro, 11/2º); Leleco e Magrão. Técnico: Ruy Scarpino

GUARANI
Bruno Brígido; Lenon, Lucas Kal, Fernando Lombardi e Marcílio; Baraka e Ricardinho; Bruno Nazário (Elias, 41/2º), Rondinelly (Denner, 27/2º) e Erik; Bruno Mendes (Fumagalli, 44’/2º). Técnico: Umberto Louzer.

Gols: Leleco, aos 7 minutos, Bruno Mendes, aos 18 (pênalti) e 24 minutos do primeiro tempo; Fernando Lombardi, aos 6 minutos, Bruno Mendes, aos 31 minutos e Mauro, aos 35 minutos do segundo tempo.
Local: Estádio Frederico Salmazo, em Sertãozinho.
Renda: R$ 12.480,00.
Público: 1.882 pessoas.
Data e horário: 10 de fevereiro, às 19h.
Árbitro: Vinícius Gonçalves Dias Araújo.
Cartões amarelos: Alemão e Elias.

Comentários

comentários