Conecte-se conosco

1ª RODADA – Fortaleza 2 x 1 Guarani

Jogando fora de casa, o Guarani perdeu por 2 a 1 para o Fortaleza na Arena Castelão pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Desfalcada de cinco titulares, a equipe de Umberto Louzer saiu atrás do placar com gol de Tinga, já na segunda etapa, mas Pedro Bortoluzo, que substituiu o atacante Bruno Mendes, que nem viajou a Fortaleza, empatou a partida. Porém, o gol de Gustavo, após bela cobrança de falta aos 49′ do segundo tempo, deu a vitória para o time da casa.

Com o resultado, o Guarani fica zerado na tabela, enquanto o Tricolor do Pici soma os primeiros três pontos. O Bugre volta a campo no próximo sábado (21), quando recebe o Sampaio Corrêa, às 16h30, no Brinco de Ouro, em seu primeiro compromisso em casa.

Primeiro tempo

Apesar de ter treinado com três zagueiros na véspera da partida, o técnico Umberto Louzer resolveu não apostar em um novo esquema e manteve o time na formação que vêm atuando desde o início da temporada, o 4-2-3-1.

Jogando em casa e contando com o apoio da torcida, o Fortaleza começou a partida pressionando o Guarani, trocando muito passes e abusando das jogadas pelas pontas. Aos 12′, após cobrança de escanteio, o atacante Gustavo subiu mais alto do que a zaga do Bugre e cabeceou para grande defesa de Bruno Brígido.

Acuado, o time de Umberto Louzer tinha muita dificuldades para propor o seu jogo e tentava atacar o Leão à base dos contra-ataques. Aos 23′, Rondinelly arriscou de longe e a bola passou perto da trave direita Matheus Inácio.

O Fortaleza, que tinha muitas dificuldades de encontrar espaços na defesa do Guarani, respondeu aos 32′. Jean Patrick recebeu de Edinho, girou e bateu para o gol, exigindo uma boa defesa de Bruno Brígido. Aos 40′, Tinga acionou Osvaldo na grande área, a zaga do Guarani afastou mal e a bola sobrou para Tinga, que bateu de primeira levando perigo ao gol do Bugre.

Segundo tempo

As duas equipes voltaram para a etapa complementar mais ligadas. Enquanto o Bugre acelerava mais os contra-ataques, o Fortaleza conseguiu chegar de forma mais incisiva no seu campo de ataque. Aos 5′, Gustavo recebeu na grande área, girou sobre a marcação, mas foi travado na hora da finalização.

Aos 14′, Dodô, que entrou no intervalo da partida, arriscou um chute de fora da área e a bola passou perto da trave esquerda de Bruno Brígido. Em seguida, aos 15′, Tinga tocou para Edinho, que foi até a linha de fundo e cruzou, mas Gustavo perdeu o tempo da bola e por pouco não completou para o gol.

De tanto pressionar, o Leão achou o gol. Aos 18′, Jean Patrick tocou para Tinga, que invadiu a área, tirou a marcação e chutou com a perna esquerda para abrir o placar da partida e fazer o primeiro gol.

O Guarani resolveu se arriscar mais após sair em desvantagem e empatou aos 29′. Rondinelly cobrou escanteio, Caíque cabeceou e exigiu grande defesa de Matheus Inácio. No rebote, Pedro Bortoluzo mandou para o fundo das redes.

Em seguida, aos 31′, Edinho fez boa jogada pela direita e cruzou para Gustavo cabecear com perigo ao gol defendido por Bruno Brígido. O Guarani respondeu aos 34′, com Bortoluzo, autor do gol do empate. O atacante recebeu, puxou contra-ataque e chutou forte para Matheus Inácio espalmar.

Aos 37′, Edinho fez cruzamento, mas Osvaldo não alcançou. No fim, o Fortaleza partiu para o tudo ou nada. Recuado, o Guarani ia garantindo o empate até ser duramente castigado no último minuto. Aos 49′, Gustavo cobrou uma falta com perfeição no ângulo esquerdo de Bruno Brígido para definir o resultado.

FICHA DO JOGO

FORTALEZA 2 x 1 GUARANI

Matheus Inácio; Tinga, Adalberto, Diego Jussani e Bruno Melo; Jean Patrick (Wallace – 34’/2º), Derley e Alan Mineiro (Dodô – int.); Edinho, Gustavo e Osvaldo (Wilson – 40’/2º). Técnico: Rogério Ceni.

Bruno Brígido; Lenon, Philipe Maia, Anderson e Marcílio; Denner (Luan – 33’/2º) e Ricardinho; Kevin (Serafim – 27’/2º), Rondinelly e Caíque; Pedro Bortoluzo (Edson Silva – 42’/2º). Técnico: Umberto Louzer.

Gols: Tinga, aos 19′, Pedro Bortoluzo, aos 29′ e Gustavo, aos 49′ do segundo tempo.
Público: 11.839 pagantes (12.814 presentes)
Renda: R$ 90.594,00.
Local: Arena Castelão, em Fortaleza.
Data e horário: Sexta-feira, 13 de abril, às 19h15.
Árbitro: Cláudio Francisco Lima e Silva (SE).
Cartões amarelos: Fabinho (Fortaleza); Philipe Maia, Marcílio, Bruno Brígido e Ricardinho (Guarani).

Comentários

comentários