Conecte-se conosco

19ª RODADA – Londrina 1 x 2 Guarani

O Guarani tinha o objetivo de terminar o primeiro turno da Série B do Brasileiro entre os primeiros colocados e fez sua parte. Debaixo de muita chuva, o Bugre superou as dificuldades e conseguiu uma valiosa vitória ao bater o Londrina por 2 a 1, na noite desta sexta-feira, no Estádio do Café, pela 19ª rodada. Denner e Rafael Longuine marcaram os gols do triunfo – Alisson Safira descontou.

Com o segundo resultado positivo seguido, a equipe alcança 29 pontos e fica provisoriamente na quarta posição. Para terminar a rodada no G4, torce por tropeços de Avaí (visita a Ponte Preta), Coritiba (visita o Fortaleza), Goiás (visita o Brasil de Pelotas) e Vila Nova (recebe o São Bento) – todos eles jogam neste sábado. No sábado que vem, às 16h30, o Alviverde recebe o Fortaleza, no Brinco de Ouro, já pelo segundo turno.

PRIMEIRO TEMPO
A chuva que caiu na cidade de Londrina durante toda a sexta-feira prejudicou o estado do gramado, mas o Guarani soube lidar muito bem com essa adversidade e foi bastante superior no primeiro tempo. A equipe teve várias chances e abriu o placar logo aos 5′, em jogada das duas novidades na formação titular.

Após lançamento, o zagueiro Lucas Costa furou de maneira bisonha e não teve outra alternativa a não ser cometer pênalti ao derrubar Bruno Mendes, que saía na cara do gol. Na cobrança, Denner deslocou Vagner e mandou no cantinho esquerdo para fazer 1 a 0.

Com muito espaço para atacar, o Bugre teve oportunidades de ampliar. Aos 7′, Denner arriscou de fora da área e a bola beliscou a trave esquerda antes de sair. Quatro minutos depois, nova boa trama e o cruzamento de Matheus Oliveira encontrou Ricardinho. O volante bateu de primeira e exigiu defesa no reflexo de Vagner.

Diante do volume ofensivo adversário, o Londrina não conseguia se encontrar e, com o meio-campo desorganizado, seguia sendo agredido. Aos 22′, Willian Oliveira experimentou de fora da área, a bola quicou no gramado e Vagner mandou para escanteio.

Após os 30 minutos, os efeitos do gramado pesado começaram a aparecer. A velocidade do jogo e o ritmo das equipes caíram. Os donos da casa até tinham a posse de bola, mas a tentativa de trocar passes esbarrava numa sequência de erros e Oliveira praticamente não teve trabalho. Por outro lado, quando acertava a transição, o Guarani chegava com facilidade. Rafael Longuine quase marcou o segundo aos 34′, mas Luizão apareceu para afastar na hora certa.

SEGUNDO TEMPO
O Londrina voltou do intervalo com uma postura bem mais agressiva e o Guarani repetiu o erro de jogos anteriores ao recuar em excesso, não conseguir o contra-ataque e permitir a pressão adversária.  Não demorou para acontecer o empate. Aos 11′, Dagoberto cobrou falta na área, a marcação bobeou, Alisson Safira cabeceou e Oliveira não segurou.

O gol animou os donos da casa, que tentaram intensificar o abafa em busca da virada. Ao mesmo tempo, porém, o time paranaense voltou a dar generosos espaços em sua defesa e o Bugre precisou de apenas uma estocada para retomar a vantagem, aos 21′.

Após lançamento longo do zagueiro Éverton Alemão, Kauê – que entrara minutos antes – fez o cruzamento e Rafael Longuine precisou finalizar duas vezes para balançar a rede e marcar seu sétimo gol no campeonato: 2 a 1.

Outra vez, o Guarani se retraiu e esperou o adversário. O Londrina quase empatou novamente em duas oportunidades claras. Primeiro com Thiago Ribeiro, que recebeu cruzamento de Dagoberto e cabeceou com perigo. Aos 31′, a bola caiu nos pés de Moisés e a pancada explodiu no travessão de Oliveira.

Os minutos finais, como não poderia ser diferente, foram marcados pela tensão. O Alviverde ainda teve uma chance de matar o jogo, mas o passe de Rafael Longuine não encontrou Bruno Mendes. Já o Londrina assustou um bocado. Aos 44′, após levantamento na área, João Paulo desviou, Oliveira não alcançou e a bola tocou na trave esquerda. Os donos da casa insistiram até o fim, mas o Guarani conseguiu se segurar e garantiu a terceira vitória fora de casa.

FICHA DO JOGO

LONDRINA 1 x 2 GUARANI


Vagner; Lucas Ramon, Luizão, Lucas Costa e Victor Luiz; João Paulo e Lorenzi (Moisés – 18’/2º); Alisson Safira (Dudu – 33’/2º), Dagoberto e Jô (Thiago Ribeiro – intervalo); Paulo Henrique. Técnico: Sérgio Soares.


Oliveira; Kevin, Philipe Maia, Éverton Alemão e Pará; Willian Oliveira e Ricardinho; Matheus Oliveira (Kauê – 18’/2º), Rafael Longuine (Fabrício – 43’/2º) e Denner (Felipe Diadema – 26’/2º); Bruno Mendes. Técnico: Umberto Louzer.

Gols: Denner (pênalti), aos 5 minutos do primeiro tempo; Alisson Safira, aos 11 e Rafael Longuine, aos 21 minutos do segundo tempo.
Público:
398 pagantes.
Renda:
R$ 4.476,00
Local:
Estádio do Café, em Londrina.
Data e horário: Sexta-feira, 3 de agosto, às 19h15.
Árbitro: Bruno Arleu de Araújo (RJ).
Cartões amarelos: Lucas Costa, Dagoberto, Luizão, Lucas Ramon (Londrina); Willian Oliveira, Éverton Alemão, Pará (Guarani)

Comentários

comentários