Conecte-se conosco

1ª RODADA – Oeste 1 x 0 Guarani

O Guarani começou com o pé esquerdo a caminhada na busca pelo retorno à elite do Campeonato Paulista. Na noite desta quarta-feira, o Bugre teve muita posse de bola e domínio territorial, mas não conseguiu o elemento mais importante do futebol: o gol. O Oeste foi mais eficiente nesse sentido e conseguiu a vitória por 1 a 0, na Arena Barueri. Henrique, em jogada de contra-ataque no primeiro tempo, marcou o gol solitário que decretou a estreia ruim da equipe campineira.

Esperando contar com o reforço de jogadores que ainda não foram regularizados, o alviverde buscará a reabilitação no sábado, às 17h, contra o Nacional. Será o primeiro jogo do time ao lado de sua torcida no Brinco de Ouro.

PRIMEIRO TEMPO
O técnico Umberto Louzer preparou nos dias que antecederam a estreia uma equipe que marcasse com competência e fosse forte para sair em contra-ataques. Nos primeiros minutos da partida em Barueri, isso até aconteceu. Com duas linhas de quatro compactas, o Guarani impediu qualquer tipo de pressão do Oeste e conseguiu criar a primeira oportunidade do jogo, aos 10′. Gabriel Leite fez jogada pelo lado direito, levantou na área e Erik cabeceou com perigo.

O Oeste nem agrediu tanto, mas conseguiu abrir o placar, aos 16′, de uma forma que o Bugre não esperava. Em jogada que estava no campo de ataque alviverde, os donos da casa puxaram contra-ataque, ninguém fez a falta e Betinho fez o lançamento em profundidade. Lenon tentou cortar, mas escorregou e Henrique teve tranquilidade para invadir a área, deslocar Passarelli e fazer 1 a 0.

Depois do gol, o Oeste se fechou lá atrás e o Guarani não conseguiu mais executar sua estratégia. As dificuldades de propor o jogo eram evidentes e a única saída parecia ser a bola parada. Lucas Kal, em cabeçada após cobrança de escanteio, teve chance, mas desperdiçou

SEGUNDO TEMPO

O roteiro do jogo após o intervalo seguiu o mesmo. O Guarani tinha a bola, trocava passes, mas abusava dos toques de lado e para trás. Sem poder de penetração, o time não conseguia aprofundar o jogo e isso impossibilitou a criação de oportunidades. Mais uma vez, a bola parada foi o artifício utilizado. Willian Rocha tentou, em cabeçada, mas errou o alvo.

O técnico Umberto Louzer procurou alternativas. Apostou no jovem Elias para ganhar mais velocidade, tentou o toque refinado de Rondinelly e, como última carta na manga, mandou a campo Pedro Bortoluzo para ganhar estatura na área. Nada funcionou. O time continuou tocando a bola e rodando o jogo sem nenhuma agressividade e amargou o primeiro tropeço na temporada.

FICHA DO JOGO

OESTE 1 x 0 GUARANI

OESTE
William Menezes; William Cordeiro, Joílson, Leandro Amaro e Conrado; Lídio, Betinho e Wallace Bonilha; Mazinho (Daniel Borges, 44/2º), Bruno Lopes (Pedrinho, 37/2º) e Henrique (Raphael Luz, 29/2º). Técnico: Renan Lopes,

GUARANI
Passarelli; Lenon, Lucas Kal, Willian Rocha e Salomão; Baraka (Rondinelly, 21/2º), Ricardinho, Denner e Gabriel Leite (Pedro Bortoluzo, 30/2º); Fumagalli (Elias, 11/2º) e Erik. Técnico: Umberto Louzer.

Gol: Henrique, aos 16 minutos do primeiro tempo.
Local: Arena Barueri.
Público: 1.458 pessoas.
Renda: R$ 14.555,00.
Árbitro: Leandro Bizzio Marinho.
Cartões amarelos: Bruno Lopes, Rondinelly e William Cordeiro.

Comentários

comentários