Conecte-se conosco

Coletivas

Sem oportunidade no Atlético-PR, Matheus Anjos vê no Guarani chance de aparecer

Nascido em Campinas, meia vê retorno a cidade como importante na busca por mais espaço

Matheus Anjos foi apresentado nesta terça-feira: meia assinou contrato de empréstimo com o Bugre até o final da temporada (Foto: Luciano Claudino/Código 19)

Matheus Anjos é nascido em Campinas, mas nunca defendeu um clube da cidade, seja na base ou profissionalmente. Formado pelo Atlético-PR, passou por todas as categorias do Furacão até alcançar o time de cima. Quando vislumbrou novas chances, o meia viu as oportunidades rarearem. E isso foi determinante para ele aceitar o empréstimo para o Guarani. De volta a cidade, o jogador acredita que aqui terá mais chances de aparecer.

Se no Bugre ou na rival Ponte Preta ninguém viu talento no meia quando ele ainda era criança, o Atlético resolveu apostar alto. “Que eu me lembre, meu empresário na época chegou a entrar em contato com Guarani e Ponte Preta. e não foi bem sucedido. Com 10 anos fui para o São Paulo e acabei dispensado por problema com lesões”, relembra. “Com 13 para 14 anos saí daqui e fui para o CT do Caju, em Curitiba. Lá fiz toda a base e subi para o profissional. Tive oportunidades e desafios”, contou nesta terça, em sua apresentação.

Os principais desafios apareceram nesse ano, quando Matheus fez parte do elenco campeão estadual – o Furacão utilizou a equipe sub-23. Sob o comando de Fernando Diniz, ainda teve a possibilidade de atuar em partida contra o Cruzeiro, pela Copa do Brasil. Nas últimas semanas, porém, as chances diminuíram e o atleta passou a ser aproveitado apenas na equipe que disputa o Campeonato Brasileiro de Aspirantes.

Disposto a buscar seu espaço e aparecer mais, o meia viu na oferta do Guarani a possibilidade de evoluir mais. “No Paranaense tive sequência e oportunidade de mostrar meu futebol. Achei que teria mais chances, mas fiquei só treinando, treinando. Quero jogar profissionalmente. Surgiu a oportunidade do Guarani e estou feliz por retribuir”.

Meia de armação, Matheus Anjos atua mais centralizado, mas também se colocou à disposição para auxiliar em outras funções. Como ele fez questão de ressaltar durante toda a entrevista, o importante é estar em campo e mostrar futebol.

“Conversei com o treinador e se precisar faço o lado também. Temos grandes jogadores no elenco, mas vim buscar minha oportunidade e estou muito motivado. Acho que minhas principais características são a visão de jogo, boa finalização, boa bola parada. Espero fazer da melhor possível pra ajudar o time”.

Regularizado no último dia de inscrições, Matheus Anjos vem treinando com o restante do elenco desde semana passada e poderá ser relacionados pelo técnico Umberto Louzer pela primeira vez na partida de quinta-feira, contra o Juventude, às 21h, no Brinco de Ouro, pela 27ª rodada da Série B do Brasileiro.

Comentários

comentários

Mais em Coletivas