Conecte-se conosco

Notícias

Dirigente do Sport descarta Ricardinho: ‘Morreu o assunto’

Exigência do Guarani em receber uma compensação financeira faz time pernambucano desistir do negócio

Oferta do Sport agradou Ricardinho, mas o jogador em momento algum forçou a barra pela negociação: volante está confirmado no jogo desta segunda-feira e provavelmente como capitão (Foto: Letícia Martins/Guarani Press)

Confirmado como titular na partida desta segunda-feira, contra o Coritiba, Ricardinho não sai do Guarani, pelo menos não para o clube que mais chegou perto de tirá-lo do Brinco de Ouro. Após apresentar uma proposta oficial aos representantes do volante, a equipe pernambucana não contava com a postura negativa do Bugre. Disposto a segurar um de seus principais destaques na temporada, o Alviverde exigiu uma compensação financeira e fez os nordestinos desistirem da negociação.

Com uma proposta financeiramente mais vantajosa, o Sport também usou a vitrine da Série A para tentar atrair o jogador. A ideia era fazer a contratação sem custos, ainda mais depois de ceder por empréstimo o volante Fabrício e também facilitar a liberação do lateral-direito Felipe Rodrigues ao Guarani. O Bugre, porém, em momento algum se mostrou disposto a fazer negócio e exigiu valores próximos ao da multa rescisória – cerca de R$ 1 milhão.

A postura dos bugrinos não esperada pelo Sport, que, pelo menos temporariamente, não pretende dar andamento na situação. “Morreu o assunto”, disse Guilherme Beltrão, vice-presidente de futebol do Leão ao jornal Super Esportes, de Recife.

Embora atraído pela oferta da equipe pernambucana, Ricardinho em momento algum ‘forçou a barra’ para que a transferência se concretizasse. Em conversas com a comissão técnica, reiterou o foco no Bugre. Na partida da última quinta-feira, contra o Oeste, recebeu a braçadeira de capitão, situação que deve se repetir no jogo contra o Coritiba.

Um dos jogadores mais regulares do elenco bugrino na temporada, Ricardinho disputou 30 partidas e marcou três gols – o do acesso na Série A2 e mais dois na Série B. Com contrato até dezembro, o volante foi procurado pelo Guarani para renovar o contrato. A ideia é estender o vínculo até o término do Campeonato Paulista do ano que vem para garantir definitivamente a permanência do atleta no elenco.

Comentários

comentários

Mais em Notícias