Conecte-se conosco

Notícias

Vice paulista completa seis anos: relembre a campanha

Time de Vadão, Fumagalli, Fabinho e companhia alcançou decisão contra o Santos

Time perfilado antes de um dos jogos da decisão: campanha marcante só parou na força do Santos (Foto: Divulgação)

Neste domingo (13), são completados seis anos do vice-campeonato paulista do Guarani. Após 24 anos, o Bugre voltou a decidir o Estadual, mas na final não conseguiu resistir à força do Santos de Paulo Henrique Ganso e Neymar e foi derrotado nas duas partidas – ambas disputadas no Morumbi. A perda do título, porém, não apagou a marcante campanha feita pela equipe, que o Nossa Taba relembra para o torcedor bugrino.

O Guarani vinha de um 2011 extremamente conturbado. Com meses de salários atrasados, ameaça de greve e destituição do então presidente Leonel Martins de Oliveira, o Alviverde só escapou do rebaixamento para a Série C do Brasileiro na última rodada, sob o comando do saudoso Giba e seu ‘time de guerreiros’.

Marcelo Mingone assumiu a presidência e um de seus primeiros atos foi escolher Oswaldo Alvarez para dirigir a equipe. Com poucos remanescentes, o clube apostou em reforços pontuais, com destaque para o retorno do meia Fumagalli após 11 anos.

No dia 21 de janeiro, estreia no Brinco de Ouro com vitória de virada sobre o Oeste. Na sequência, veio o primeiro baque com a derrota por 3 a 0 para o Mogi Mirim, mas isso não afetou o time. Depois de um empate no Morumbi contra o São Paulo, o Guarani emendou uma sequência de cinco triunfos que o colocou na vice-liderança do campeonato – os oito melhores avançavam ao mata-mata.

Derrotas para Guaratinguetá, Santos e Bragantino derrubaram a equipe para a sexta posição, mas foi apenas uma instabilidade momentânea. Na 15ª rodada, um dos momentos mais especiais da campanha. No dia em que o Dérbi completava 100 anos, o Bugre arrancou o empate na casa da maior rival com gol de pênalti de Fumagalli, aos 46 minutos do segundo tempo. No jogo seguinte, a vitória sobre o Linense garantiu a classificação antecipada.

Só isso não era suficiente e o Alviverde ainda perseguia um lugar entre os quatro primeiros, que lhe daria vantagem do mando de campo no jogo único da semifinal. Isso foi possível principalmente após a brilhante vitória sobre o Palmeiras por 3 a 1, no Brinco. Na última rodada, apesar da derrota para o Botafogo, em Ribeiro Preto, a quarta posição estava assegurada.

O Palmeiras era o oponente nas quartas de final. Horas antes, a Ponte Preta havia eliminado o Corinthians, o que tornou possível a chance de um Dérbi na semifinal. Faltava o Guarani fazer sua parte. E como ela foi bem feita. Após um primeiro tempo disputado, Fumagalli abriu o placar com um antológico gol olímpico. Fabinho ampliou dois minutos depois. O Palmeiras descontou, mas no final Fabinho liquidou o jogo no contra-ataque – o adversário ainda diminuiu novamente, mas não o suficiente para impedir a classificação.

A semifinal, disputada em 29 de abril, não sai da memória do torcedor bugrino até hoje. Naquele que é um dos clássicos mais importantes da história, os bugrinos temeram quando Fumagalli saiu machucado e Caio abriu o placar para a Ponte Preta. Aquele domingo, porém, estava reservado a um herói improvável. Depois que Fábio Bahia empatou, Medina apareceu para se transformar em ídolo com dois gols que acabaram com o jogo.

Na final, além de enfrentar o poderoso Santos, o Bugre sofreu com outros contratempos. Primeiro o fato de não poder jogar no Brinco de Ouro – após acordo entre as diretorias e a Federação Paulista, os dois jogos foram marcados para o Morumbi. Além disso, a equipe entrava em campo desfalcada de Fumagalli e Oziel, lesionados. Pra piorar, o zagueiro Neto se machucou no início da primeira partida.

Os bugrinos invadiram a Capital no primeiro confronto e fizeram uma festa linda, que começou na saída de Campinas até chegar ao Morumbi. Em campo, não deu. O Santos fez 3 a 0 e praticamente definiu a final. Na semana seguinte, o Guarani foi valente, encarou de igual para igual o adversário e até chegou a buscar o empate duas vezes, mas acabou superado por 4 a 2. Nada, no entanto, que impediu a comemoração pela grande campanha.

Além do vice-campeonato, o Alviverde também foi protagonista na festa de premiação do Paulistão. O lateral-direito Oziel entrou na seleção do torneio, Fumagalli foi eleito o craque do Interior e Oswaldo Alvarez acabou escolhido como o melhor técnico do campeonato.

Relembre os jogos da campanha

Primeira fase
21/01/2012 – Guarani 2 x 1 Oeste
26/01/2012 – Mogi Mirim 3 x 0 Guarani
29/01/2012 – Guarani 2 x 0 Ituano
02/02/2012 – São Paulo 1 x 1 Guarani
05/02/2012 – São Caetano 0 x 1 Guarani
08/02/2012 – Guarani 1 x 0 Portuguesa
10/02/2012 – Guarani 2 x 1 Paulista
16/02/2012 – Comercial 0 x 2 Guarani
23/02/2012 – Guarani 2 x 0 XV de Piracicaba
26/02/2012 – Guaratinguetá 2 x 1 Guarani
29/02/2012 – Guarani 0 x 2 Santos
03/03/2012 – Bragantino 1 x 0 Guarani
10/03/2012 – Corinthians 1 x 1 Guarani
17/03/2012 – Guarani 2 x 0 Mirassol
24/03/2012 – Ponte Preta 1 x 1 Guarani
29/03/2012 – Guarani 2 x 1 Linense
01/04/2012 – Catanduvense 1 x 2 Guarani
08/04/2012 – Guarani 3 x 1 Palmeiras
15/04/2012 – Botafogo 2 x 1 Guarani

Quartas de final
22/04/2012 – Guarani 3 x 2 Palmeiras

Semifinal
29/04/2012 – Guarani 3 x 1 Ponte Preta

Finais
06/05/2012 – Guarani 0 x 3 Santos
13/05/2012 – Santos 4 x 2 Guarani

Jogadores que participaram da campanha
Bruno Recife – 22 jogos
Danilo Sacramento, Emerson, Fabinho e Fumagalli – 21 jogos
Bruno Mendes, Fábio Bahia, Neto e Oziel – 18 jogos
Bruno Peres e Domingos – 17 jogos
Ronaldo e Wellington Monteiro – 16 jogos
André Leone – 14 jogos
Ewerton Páscoa e Max Pardalzinho – 10 jogos
Willian Favoni – 9 jogos
Thiaguinho – 8 jogos
Bruno Neves – 7 jogos
Medina – 5 jogos
Rafael Araújo – 3 jogos
Juliano, Rodrigo Arroz, Valdo Bacabal e Vítor Rossini – 2 jogos
Eduardo, Emílio e Fabrício – 1 jogo

Os artilheiros do time
Fumagalli – 9 gols
Fabinho – 7 gols
Bruno Mendes – 4 gols
Domingos, Medina e Oziel – 2 gols
Ewerton Páscoa, Fábio Bahia, Neto e Wellington Monteiro – 1 gol

Comentários

comentários

Mais em Notícias